Sindicatos esperam 10 mil pessoas no protesto contra as reformas que acontece às 15h

Deixe uma resposta